Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão de Negócios

Adaptar-se para perpetuar

Carlo Savelli Batista Gomes

Engenheiro mecânico, pós-graduado em Gestão de Projetos pelo Ietec.

Nos últimos anos profundas mudanças têm afetado a economia mundial, caracterizada por mudanças estruturais na maioria dos mercados internacionais. Novos players têm aparecido na arena internacional; paises tais como China, México, Indonésia, Índia, Malásia e o Brasil, dentre outros, estão empenhados em se tornarem membros de maior peso no cenário da economia mundial.

Neste ambiente dinâmico, instável e evolutivo, dominado pela globalização e pela competitividade, quem ficar esperando para ver o que irá acontecer correrá sério risco de ser eliminado, é necessário adaptar-se para perpetuar .

A Usiminas Mecânica, buscando sua excelência no mercado de bens de capital sob encomenda está promovendo uma forte reengenharia de negócios, procurando se adaptar ao mercado existente. Parte desta reengenharia implica na realização de níveis de melhorias nos conceitos e metodologias de Gestão de Projetos, que serão replanejados do iníco ao fim, com o emprego de todas as tecnologias inovadoras e recursos organizacionais disponíveis.

Este desafio é enorme, pois parte do princípio de se implantar uma nova metodologia, hoje divulgada pelo Project Management Institue (PMI), em uma empresa de 32 anos que possui uma forte cultura de gerenciamento de projetos, porém sem uma forte metodologia de base. Esta mudança deverá atingir Gerentes Seniors, Plenos e Juniors, além de se alinhar aos novos objetivos desta nova empresa.

Esta mudança deverá provocar o abandono do "aqui está a data de entrega, o orçamento disponível e agora se vire", passaremos para uma era de melhores planejamentos. Deveremos planejar o escopo, o tempo, os custos, a qualidade, os recursos humanos, as aquisições e principalmente nossa comunicação e os riscos dentro de cada projeto, pois cada um é único e deverá ser tratado como tal.

Gerenciar projetos passa a ser gerenciar pessoas, valores e conflitos. Para se ter sucesso é preciso conquistar credibilidade junto aos seus colaboradores, envolvê-los. Gerenciar projetos é gerenciar expectativas e intermediar negociações. Gerenciar projetos passa a ser integrar ações e pessoas para um objetivo claro e determinado.

Para isto o Gerente de projeto passa a ser um agente de mudança dentro desta nova empresa. É dever dele utilizar e divulgar a nova metodologia ajudando a criação de uma nova cultura. O Gerente de projeto deverá vencer o ceticismo quanto à nova maneira de se Gerenciar projetos, principalmente dentro de uma empresa que já passou por mais de 30 consultorias e propostas de mudanças. Não é tarefa fácil principalmente porque não há comprovação representativa de que o sucesso será atingido.

É por isso que o Gerente de projeto deverá utilizar a nova metodologia como ferramenta que promova o entendimento e a percepção dos colaboradores dentro das verdadeiras razões desta mudança: a perpetuação da empresa.

E para concluir citamos JOEL ARTHUR:
"Não basta ter uma visão do futuro, é preciso ter também uma ação. Uma visão sem uma ação não passa de um sonho."

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo