Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão e Tecn. da Informação

Fapemig lança pacote de editais para 2010

Diário do Comércio - 09-01-2010

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) começa 2010 com o lançamento de um pacote de 10 editais, cuja soma ultrapassa R$ 41 milhões. De acordo com o presidente da Fapemig, Mario Neto Borges, com o pacote a fundação espera agilizar os procedimentos para que todas as propostas sejam julgadas e contratadas dentro do mesmo ano, como acontece há um bom tempo.

"Ao lançar os editais de uma só vez, pretendemos oferecer ao pesquisador diferentes opções de financiamento, para que ele escolha de acordo com o seu perfil. Dessa forma, facilita todo o processo", ressaltou o dirigente.

O Edital Universal destinará R$ 24 milhões às pesquisas, que podem abordar qualquer área do conhecimento. A novidade é que, deste total, R$ 23 milhões são provenientes da Fapemig e R$ 1 milhão do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG). A participação do Cefet é uma novidade. De acordo com Borges, o Centro Federal de Educação Tecnológica espera, com isso, incentivar seus pesquisadores a participar.

"Os projetos serão julgados normalmente pelas Câmaras de Assessoramento. Aquelas que obtiverem nota superior a 70, mas ficarem de fora após o ranqueamento final, serão financiadas com esse R$ 1 milhão", explica. O presidente da Fapemig acrescenta que, se a experiência obtiver sucesso, irá discutir com outras instituições federais a participação dentro desse modelo.

Para concorrer, os pesquisadores devem enviar suas propostas até 30 de março. Vale lembrar que o valor individual das propostas não pode ultrapassar os R$ 50 mil. Este ano continua valendo a regra que entrou em vigor em 2009, segundo a qual os projetos que, durante a análise, tiverem o orçamento cortado em mais de 30% serão desclassificados. Também vale lembrar que os pesquisadores que enviarem propostas ao Edital Universal não podem se candidatar ao Programa Pesquisador Mineiro e vice-versa.


Equipamentos - O objetivo deste edital é financiar reparos e manutenção de equipamentos de laboratórios fora do período de garantia e cujo custo de aquisição tenha sido superior a R$ 100 mil. Ao todo, serão distribuídos R$ 2 milhões às propostas aprovadas. Uma exigência é a contrapartida financeira da instituição proponente de, no mínimo, 10% do valor do serviço. Esta é a quinta edição do edital, que, só no ano passado, distribuiu mais de R$ 1,9 milhão a 23 propostas aprovadas. Este ano, as inscrições devem ser enviadas até 6 de abril.

Esta é a quarta edição do Programa Pesquisador Mineiro (PPM), que oferece cotas financeiras mensais (grant) a pesquisadores e tecnólogos, para apoiá-los em seus projetos de pesquisa. Entre os pré-requisitos, os candidatos devem ter reconhecida liderança em sua área de atuação. No caso do pesquisador, é indispensável o título de doutor e comprovada produção científica de alta qualidade nos últimos cinco anos. O pesquisador tecnólogo deve possuir, no mínimo, diploma de nível superior, vínculo permanente com instituição de ensino e/ou pesquisa e atuação em atividades de desenvolvimento tecnológico nos últimos cinco anos.

Este ano, serão distribuídas 200 cotas: 100 para pesquisadores que não possuem o adicional de bancada do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); 90 cotas para pesquisadores que possuem o adicional de bancada; e 10 cotas para pesquisadores tecnólogos. Ao todo, serão R$ 7,44 milhões. As propostas para o PPM devem ser encaminhadas até 8 de abril. Lembrando, os pesquisadores que enviarem propostas ao Programa Pesquisador Mineiro não podem se candidatar ao Edital Universal e vice-versa.

Livros - A Fapemig também lançou a quinta edição do Edital de "Aquisição de Livros Técnicos e Científicos para Pós-Graduação". Ao todo serão destinados R$ 2 milhões às propostas aprovadas. O edital possibilita a compra de títulos adotados em cursos de pós-graduação stricto sensu regularmente oferecidos por instituições sediadas em Minas Gerais e recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com nota mínima igual a 3 na última avaliação. Com isso, busca fortalecer a pós-graduação no Estado. A Fapemig receberá as propostas até 13 de abril.

O edital de "Apoio à publicação de periódicos científicos institucionais" contará, neste ano, com R$ 800 mil em recursos. Ele faz parte do Programa de Apoio a Publicações Científicas e Tecnológicas, lançado no final de 2005, e tem o objetivo de beneficiar projetos de editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros, impressos ou eletrônicos, em todas as áreas do conhecimento. O objetivo maior é contribuir para a divulgação dos resultados de pesquisas científicas e tecnológicas. As propostas podem ser enviadas até 27 de abril.

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo