Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Compras

Sustentabilidade como diferencial nas ações de negócio e Gestão de Suprimentos

Associação Brasileira de Logística - Aslog

Abrangendo um dos principais assuntos globais, a Sustentabilidade em toda a gestão empresarial, César Righetti, especialista em estratégia ambiental corporativa destacou a importância de as empresas olharem a questão ambiental como diferencial competitivo, bem como de buscarem a inovação. Righetti iniciou sua apresentação enfatizando a importância da Gestão de Suprimentos para as organizações. Em sua opinião, o importante é olhar as cadeias de gestão com o olhar integrado, pois o setor de compras vem aumentando sua participação nas áreas de custos e vendas. “Hoje não somos apenas cortadores de custos, mas fornecedores de estratégias”, completa o professor.

Righetti ressaltou que a Gestão de Suprimentos aumenta na medida em que se fazem necessárias melhorias contínuas em custos e agregação de valor, porém muitas empresas ainda priorizam a parte operacional da gestão ao invés, da estratégica. Em sua visão, uma atenta análise da Matriz Estratégica Compras, junto com a padronização itens e o alinhamento da área junto com a estratégia da empresa são essenciais para a evolução dos processos. “O cliente interno deve estar de acordo com a área de compras e com o SLA definido”.

Em relação à Sustentabilidade, o especalista recordou que o meio ambiente se tornou uma preocupação importante para os negócios há muito tempo e que, na última década, tem aumentado o interesse do público em geral sobre esse assunto. Questões relacionadas ao uso da água, à poluição do ar, à exposição aos elementos tóxicos e ao descarte adequado de resíduos passaram a fazer parte da vida das pessoas de maneira mais intensa.

Além disso, diversos países têm feito experimentos ambientais. “A Sustentabilidade é tentar atingir o pilar Econômico, Social e Ambiental”, ressaltai. Segundo Righetti, o profissional de compras precisa ter uma visão holística da cadeia. Em casos de produtos de limpeza, por exemplo, sabendo que possui alto impacto ambiental, é necessário localizar um consumidor capaz e gerir soluções para consumo reduzir em geral. Dessa forma, cria-se o conceito de sustentabilidade em toda a cadeia.

Ao gerenciar os custos e riscos ambientais melhor que a concorrência, uma empresa terá condições de alcançar posições competitivas no mercado. A palavra mágica na arena ambiental e na arena de negócios é inovação. É preciso inovar e sair do “fazer por fazer”.

Através de um debate de idéias, os participantes do Comitê ressaltaram que com os menores custos, as maiores produtividades, maiores receitas e menos acidentes podem nos colocar em posição de destaque no mercado, mas temos que trabalhar para isso.
 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo