Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: RH

Investimento na carreira é diferencial competitivo

Tatiana Moraes

Foi a época em que possuir diploma de pós-graduação e MBA era sinônimo apenas de reconhecimento. Mais do que isso, hoje a educação continuada é vista pelas empresas como estratégias para o aumento da produtividade e a melhora do desempenho.

Em contrapartida, a tão sonhada ascensão profissional – que chega acompanhada do aumento de salário – se transforma em realidade.

É o que aponta uma pesquisa realizada pela consultoria em recrutamento Robert Half. Segundo estudo, 66% dos profissionais que apostam na educação continuada têm aumento de salário e 48% são promovidos.

Na avaliação da gerente de Recursos Humanos da Toshiba Transmissão e Distribuição do Brasil (TTDB), Shyrley Hollerbach, a valorização do empregado que faz uma especialização é reflexo dos benefícios gerados à empresa. “Os profissionais que investem em uma especialização, como pós-graduação e MBA, demonstram que têm interesse em aumentar o nível de assertividade no trabalho, que estão dispostos a melhorar sempre. Esta atitude é muito bem vista pelo mercado”, diz.

O ex-aluno da pós-graduação em Gestão de Projetos, do MBA em Gestão de Projetos e do MBA Executivo em Gestão de Negócios do Ietec, Wagner Dias dos Santos, é exemplo de quem viu a carreira deslanchar depois que decidiu continuar os estudos.

Quando iniciou a primeira especialização no Ietec, em 2007, Santos era analista da Takenet, provedora de soluções em tecnologia móvel. Hoje, ele gerencia os departamentos de Qualidade, Projetos e Suporte da empresa, além de ser responsável pela equipe de garantia de qualidade. O aumento salarial foi consequência. “Os cursos do Ietec foram fundamentais para o meu desenvolvimento profissional”, garante o gerente, que acaba de conquistar a Certificação Project Management Professional (PMP), emitido pelo Project Management Institute (PMI) – instituição que atesta conhecimentos nas práticas de gerenciamento de projetos.

A carreira da engenheira civil da VSB, Simone Marotta de Azevedo, também foi impulsionada pela especialização. Ex-aluna da pós-graduação e do MBA em Gestão de Projetos do Ietec, Simone Azevedo viu o salário aumentar 40% após a conclusão do primeiro curso. E, para o futuro, a previsão é de que o MBA, finalizado em 2009, traga mais benefícios. “Acredito que terei outro aumento salarial devido ao MBA”, prevê.

Para o diretor-executivo do Ietec, Ronaldo Gusmão, a procura pelos cursos de pós-graduação deve permanecer em alta. Entre os motivos, ele destaca as previsões otimistas para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2010.

Cenário - De acordo com o relatório Focus, do Banco Central (BC), em 2010 o PIB deve registrar alta de 5,2% na comparação com o ano imediatamente anterior. Para 2009, entretanto, a previsão é de que haja recuo de 0,24% na mesma base de comparação.
 
Com relação aos investimentos estrangeiros no país, os analistas prevêem injeção de US$ 35,20 bilhões em 2010. Já para a produção industrial, a expectativa é de crescimento de 8%.
 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo