Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

A importância da Coleta de Requisitos na Gestão de Projetos e da escolha das ferramentas adequadas para tornar essa etapa mais eficiente

Débora Pereira Pinto

 Pós-graduada em Gestão de Projetos pelo Ietec.

RESUMO

“Não há nada tão inútil quanto fazer eficientemente o que não deveria ser feito.” Essa frase, dita por Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, resume a importância da fase de planejamento de um projeto. No início do projeto, na etapa de planejamento, os riscos e incertezas são grandes, porém os níveis de custo e de pessoal são menores. Nessa fase, a capacidade de influenciar as características finais do produto do projeto, sem impacto significativo nos custos, é mais alta, e reduz à medida que o projeto avança. Por isso, antes de colocar “a mão na massa” e elaborar vários indicadores de desempenho, deve-se empregar tempo e dedicação para a fase de planejamento. Realizar a coleta de requisitos e a definição do escopo de maneira significativa é um passo importante para que o projeto tenha sucesso e entregue exatamente o que foi contratado. Neste artigo serão apresentadas algumas técnicas que podem ser empregadas a fim de garantir maior eficiência na coleta dos requisitos e, consequentemente, na definição do escopo, trazendo o projeto o mais próximo possível da necessidade do cliente.

PALAVRAS-CHAVE: Planejamento. Requisitos. Escopo.

INTRODUÇÃO

Segundo o Guia PMBOK® 5ª Ed., Gerenciamento de Projetos é a aplicação do conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto para atender aos seus requisitos. E, entendendo o projeto como sendo único e exclusivo, é fácil perceber que, a cada novo projeto, os requisitos a serem atendidos deverão ser muito bem mapeados, a fim de garantir seu sucesso. Segundo a pesquisa PMSurvey de 2010, realizada pelo PMI com 460 organizações, 60,2% dos projetos não são realizados no prazo e 43% deles apresentam problemas referentes à mudanças de escopo constantes. Dessa pesquisa, é possível inferir que uma das causas do atraso dos cronogramas dos projetos são as mudanças constantes de escopo. Uma eficiente coleta dos requisitos não só reduziria as constantes solicitações de mudanças, mas também contribuiria para que os projetos fossem realizados dentro do prazo definido.

Baixe o PDF desta matéria

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo