Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão e Tecn. da Informação

Estou ou sou um Chief Information Officer - C. I. O.?

José Roberto Saviani

Consultor de Empresas. Autor do livro "Analista de Negócios e da Informação" Editora Atlas.

Quando publiquei o livro "Analista de Negócios e da Informação" (Ed. Atlas), hoje já em sua 4ª. edição, eu me baseei na minha vida profissional de mais de 20 anos na área de informática, com a intenção de alertar seus profissionais para uma nova realidade de mercado.

Cansado de ver sistemas desenvolvidos com a última tecnologia de ponta serem mal aproveitados ou melhor, não utilizados da melhor forma pelos usuários, o conteúdo do livro buscou mostrar um novo perfil para o analista de sistemas, ou ainda para o profissional de informática em geral.

A sensibilidade junto ao negócio empresarial que nunca foi a característica marcante deste profissionais, que sempre se interessaram única e exclusivamente pelo hardware e o software existente, passou a ser nesta década de 90 fator prioritário.

O Analista de Negócios e da Informação "troca" a roupagem tradicional voltada apenas a tecnologia e adiciona complementos importantíssimos voltados aos alvos empresariais, a alavancagem dos negócios.

E qual é o futuro deste novo profissional? Ora, ele pode ter uma carreira em "Y".

Ou pode ser levado a assumir a liderança de uma unidade de negócios, por ter sido o responsável pela coordenação e auditoria do P.D.I. respectivo ou buscar o cargo de C.I.O. - Chief Information Officer.

Hoje, no Brasil, já encontramos em várias empresas este profissional.

Porém, quando começamos a identificar o perfil de atuação destes C.I.O.'s verificamos que a missão está deturpada e que na realidade continuam a ser Gerentes de Sistemas ou Diretores de Informática tradicionais.

Há diferenças enormes entre o tradicionalismo do líder de sistemas antigo e um C.I.O.

O C.I.O. (e aí o nome do cargo pouco importa, mas sim suas missões adequadas a modernidade da informática como propulsora dos negócios empresariais) deve possuir características que o identifiquem como um líder da tecnologia da informação utilizando-a como elemento de competitividade.

Participam de decisões estratégicas pois sua posição é de staff a Presidência, delineando o P.D.I. mais apropriado para o atendimento dos "sonhos empresariais" de cada organização.

É o principal responsável pela manutenção da infra-estrutura técnica e inteiramente "plugado" nos avanços diários de tecnologia, onde a obsolescência tem uma velocidade incrível.

Além disso, o C.I.O. utiliza a intuição com sabedoria, cultura e pluralidade, age com criatividade, entende as pessoas, usa com equilíbrio sua inteligência emocional e tem na ecleticidade sua visão global.

É importante observar que o C.I.O. não necessariamente precisa ter sua origem na área de informática, mas sim dominar marketing, finanças, negócios, mercado enfim, com uma base de conhecimentos da tecnologia suficiente para assumir tal posição.

Com estas características é que o C.I.O. poderá atender aos objetivos determinados pelo seu cargo e assim coordenar os Analistas de Negócios e da Informação, profissionais de alto nível e futuros C.I.O.'s.

Portanto, avaliando o conteúdo desta matéria e fazendo uma auto-análise crítica é importantíssimo querespondamos cada um de nós que hoje ocupa esta posição: "Estou ou sou um C.I.O."?

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo