Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Educação :: Geral

Pós-graduação é diferencial competitivo

Tatiana Moraes
Revista Ietec - No. 34

Foi-se o tempo em que possuir um diploma de graduação era diferencial competitivo. Com o desenvolvimento do mercado, cada vez mais acirrado, aqueles que não têm pós-graduação estão – salvo alguma sorte ou talento muito diferenciado – fadados a ocupar posições operacionais, com baixa possibilidade de deslanchar na profissão.

O motivo é simples. Além de focar em sua área de atuação específica, o profissional que aposta em um curso de pós-graduação desenvolve competências, aprende ferramentas que rendem melhorias reais ao cotidiano das empresas, atualiza os conhecimentos e amplia o networking.

Uma pesquisa coordenada pelo economista Marcelo Neri confirma a aderência do mercado a esta modalidade de estudos. De acordo com o documento, os profissionais que brasileiros que possuem alguma pós-graduação têm salários, em média, 66% superiores aos que são apenas graduados.

A pesquisa revela, ainda, que devido à maior possibilidade de o profissional pós-graduado gerar retorno às empresas, eles são os mais indicados a promoções e os que mais recebem convites para integrar o quadro operacional de outras organizações.

Na avaliação da consultora organizacional Maria Beatriz Faria Alves, especializar-se é fator básico para desenvolver a carreira e conquistar melhores posições no mercado de trabalho. “As empresas buscam os profissionais mais preparados. Com a pós certa, o profissional pode ter o salário dobrado”, diz.

A afirmação da consultora não é apenas analítica. É prática. Graduada em psicologia e especializada em Gestão de Micro e Pequenas empresas, Maria Beatriz é aluna da pós-graduação em Gestão da Inovação em Empresas do Ietec. Ela acredita que o curso dará um novo impulso à carreira.

Ela explica que a economia globalizada acirra a concorrência do mercado. Para se tornarem mais competitivas, as empresas precisam de profissionais qualificados para integrar o quadro de funcionários. Do contrário, as organizações irão ao mercado buscá-los. O mesmo acontece com os consultores. Caso eles não possuam o conhecimento necessário, as empresas procurarão por outros.

O CIO da Teksid, Wellington Coelho, concorda. Também aluno da pós-graduação em Gestão da Inovação em Empresas, ele afirma que as organizações detentoras de profissionais pós-graduados estão à frente dos concorrentes. “Na realidade, a graduação superior tornou-se um requisito básico para o preenchimento de vagas disponíveis nas empresas. Já a pós-graduação ou um MBA passa a ser um diferencial”, afirma.

Além disso, ele ressalta que a troca de informações, experiências, conhecimentos e o benchmarking que é feito pelos participantes durante os cursos são aproveitados de maneira bastante positiva dentro das empresas. “É uma relação em que todos são beneficiados”, afirma.

Experiente na área, o CIO diz que a pós-graduação em Gestão da Inovação em Empresas irá prepará-lo para auxiliar na apresentação e na condução de ações que propiciem alavancar as motivações necessárias para o gerenciamento de projetos com foco na inovação em diversas áreas na empresa e, dessa forma, contribuir para que a Teksid continue como líder em resultados no seu segmento.

“Busco a formação necessária para ser um instrumento de fortalecimento da cultura da inovação como um fator a mais de competitividade da Teksid”, observa.

Cabe ressaltar que a empresa é uma das indicadas ao Prêmio AutoData na categoria Inovação. O prêmio é o mais importante reconhecimento do mercado automobilístico.

Na avaliação do coordenador de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho da Magnesita, Leonardo Martins do Monte Lima, os benefícios de cursar uma pós-graduação são muitos. Ex-aluno da pós em Engenharia Ambiental do Ietec e atualmente cursando Administração de Projetos, ele, que tem cerca de 2,5 mil funcionários sobre sua responsabilidade, comenta que alinhar o conhecimento técnico ao gerencial é uma das principais vantagens.

“É importante dominar a prática do negócio, entretanto, conhecer as questões administrativas e gerenciais, principalmente com relação aos recursos humanos, é fundamental”, diz. Ainda segundo ele, o curso permitiu o conhecimento de ferramentas capazes de identificar melhor as competências e o perfil dos funcionários com quem trabalha.

Com relação ao curso Administração de Projetos, ele afirma que o principal benefício será entender as ferramentas da gestão de projetos para coordenar melhor os trabalhos desenvolvidos pelo setor em que atua.

O funcionário “multiespecialista”, que desempenha funções diversas e conhece tanto a prática quanto a parte gerencial do trabalho, também foi citado pelo gerente de Obras da Direcional Engenharia e aluno da 100ª turma da pós-graduação em Gestão de Projetos do Ietec, Luis Roberto dos Santos.

Na avaliação do gerente de Obras, não há dúvidas de que as empresas procuram profissionais com diversas habilidades, tecnicamente e gerencialmente preparados. Além disso, de acordo com ele, as pessoas que investem na carreira e demonstram vontade de ascender profissionalmente são muito valorizadas pelas corporações.

“A empresa vê com bons olhos o empregado que investe em cursos de pós-graduação ou MBA. Este profissional mostra que está antenado ao mercado e que se preocupa com seu futuro. Além disso, se um recrutador estiver entre dois profissionais, um com pós-graduação e outro apenas com diploma de graduação, qual ele irá escolher? O que possui pós, claro”, prevê.

Outro ponto levantado por Santos é a atualização dos conhecimentos. Segundo ele, ao cursar uma pós-graduação o profissional aumenta suas chances não só de receber um salário ou uma promoção, mas de garantir sua posição na empresa.

A gerente de vendas da Intercast, Dênia Franco, é outro exemplo de quem conquistou o espaço no mercado com o suporte da pós-graduação. Formada em pedagogia, ela trabalhou muitos anos no setor metalúrgico. Após conhecer todo o negócio, migrou para o setor de vendas.

A experiência ao longo dos anos rendeu a ela o cargo de supervisora de Vendas da empresa. Interessada em melhorar sua carreira, Dênia investiu na pós-graduação em Engenharia de Vendas do Ietec e, antes mesmo de concluir o curso, foi promovida a gerente.

“A pós-graduação em Engenharia de Vendas do Ietec é totalmente alinhada à realidade empresarial. Após concluir o curso tive mais segurança para desenvolver minhas funções, devido ao conhecimento que adquiri”, conclui.
 

 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo